terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Medalha Cinquentenário do Canil da PMESP - 2002

 
  O Canil da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Terceira Companhia do Quarto Batalhão de Polícia de Choque, foi criado em 15 de setembro de 1950.

Hoje o Canil conta principalmente com cães da raça Pastor Alemão, Rottweiler, Pastor belga de Malinois e Labradores, e ainda temos espalhados por todo o Estado de São Paulo vinte e dois Canis Setoriais, que não são subordinados ao 4º BPChq, mas que recebem apoio Cinotécnico e Veterinário do Canil central.

Para servir no Canil, o Policial Militar realiza um curso básico sobre o qual comentei em outra postagem (pode ser visto clicando aqui).

Ficaram famosos algumas ocorrências solucionadas com emprego de cães como no caso em que o cão Dick localizou na Serra da Cantareira, uma criança sequestrada nos anos 50. Na década de 70, um cão foi treinado para localizar vazamento de Gás para a Petrobrás. Com o avanço dos modus operandi da criminalidade, o Canil se especializou através de técnicas inglesas e canadenses na localização de entorpecentes e explosivos.

O canil é empregado também em apoio às outras OPM, à Polícia Federal, Receita Federal e Polícia Civil em operações específicas no combate ao tráfico de drogas, bem como apoia a 5ª Cia/GATE nas varreduras de explosivos e à 4ª Cia/COE na busca de pessoas desaparecidas e captura de marginais homiziados.
          Meu amigo e colega de turma, o Tenente Coronel Carlos Augusto Nepomuceno me autorizou a publicar a bela foto abaixo:

Após os 8 anos de idade, o cão é aposentado, sendo doado ao seu adestrador.

Quanto à medalha em si temos a peculiaridade desta ser a única referente a uma Subunidade na PMESP.
        Novamente se observa que a fita foi feita com tecidos costurados uns nos outros, o que, além de não ser previsto no decreto, compromete a estética.

Medalha criada pelo Decreto Estadual n° 46671 de 08 de abril de 2002.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário