sexta-feira, 1 de março de 2013

Distintivos dos Cursos de Gerenciamento de Crises e Negociação de Reféns- PMESP


Os Policiais Militares são preparados para lidar com pessoas em diversas situações de dificuldade desde uma mera briga de vizinhos até situações extremas como ocorrência envolvendo reféns.

Nessa última situação os policiais são treinados para fazer o isolamento do local, conter o problema num único ponto e fazer a primeira negociação a fim de libertar a vítima ameaçada. Trata-se do curso de gerenciamento de crises cujo distintivo está acima.

Paralelamente ao gerenciamento da cena de crise, é necessário um negociador, que vai contatar diretamente o agressor que ameaça sua vítima.

Na PMESP é feito o Curso de Negociação de Reféns, cujo distintivo é mostrado abaixo:



Comentei a respeito de um outro distintivo de gerenciamento de crises e negociação de reféns neste tópico.

9 comentários:

  1. Boa noite, estou cursando o Curso de Gerenciamento de Crises pelo SENASP, após a conclusão? Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabriel. Apesar da pergunta estar truncada, creio que você quer saber se pode usar o distintivo após o curso na SENASP. Infelizmente não, pois, trata-se de curso feito em outra organização. É como cursar uma faculdade e receber diploma por outra...

      Excluir
  2. Olá, sou policial militar de outro Estado e fiz recentemente o Curso de Gerenciamento de Crise. Procurei em várias lojas de artigos militares o distintivo do curso e não encontrei. Encontrei somente a manicaca. O único que vi em buscas pela internet foi exatamente o da primeira figura. Saberia indicar onde compro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, William.
      Tente nas metalúrgicas MIGUEL HERNANDEZ, PANELLI ou LANGONE, todas em São Paulo.

      Excluir
  3. Boa noite! Os cursos na polícia militar, para que se possa usar brevet (distintivo), tem que ter no mínimo 60 horas. O curso de gerenciamento de crise em que policiais militares concluam o referido curso com as determinadas exigências, por mais que sejam de outro Estado, poderão usar este distintivo (da primeira figura)?

    ResponderExcluir
  4. William:
    Cada Estado tem suas normas para concessão de distintivos.
    Em São Paulo a exigência é de 180 horas, mas, deve cair para 160.
    Quanto ao uso de um distintivo de um Estado por alguém de outro, entendo que seja irregular, pois, são cursos diferentes, ainda que sejam sobre o mesmo assunto.
    Mal comparando, é o mesmo que receber um diploma de uma faculdade por um curso feito em outra.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, e mesmo que o curso feito em outra instituição seja publicado em boletim interno, não pode usar o breve do referido curso e nem a manicaca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curso em outra Instituição tem que ser solicitado por parte. Não é garantido que vai ser aprovado.

      Excluir
  6. Boa noite,feito a parte para publicação no Boletim Interno curso de outra instituição ,caso seja aprovado e pulblicado no Boletim, poderá usar brevet (distintivo)?

    ResponderExcluir